Na noite de terça-feira (23/01) o Pelotão de Emprego Tático Operacional da 77ªCIPM prendeu quadrilha com armas, munições, emulsões de dinamite e mais de R$ 103 mil reais em cheque e dinheiro.

O grupo preso confessou que efetuaria um assalto contra uma joalheria no centro de Vitória da Conquista, e explodiria um caixa eletrônico que fica na Avenida Brumado, em frente ao Seminário.

A ocorrência começou quando a guarnição abordou dois homens dentro de um VW Gol Branco na Avenida Juraci Magalhães. Os indivíduos, com idades de 19 anos (passagens por porte ilegal de arma de fogo e roubo) e 21 anos (passagens por roubo) portava um revólver calibre .32 e confessaram que estavam indo encontrar um terceiro integrante da quadrilha, para combinar o roubo à joalheria. O outro integrante foi localizado a bordo de uma motocicleta Broz roubada.

O trio confessou que após o roubo seguiriam para um sítio no Povoado de Itapirema. No local os militares encontraram um homem de 51 anos e passagem por estelionato, sua filha de 19 anos e seu genro de 24 anos, de posse de um revólver calibre .38, 54 munições de calibres diversos, R$3.804 em espécie, R$100 mil em cheques, 5 celulares, 1 tablet, três emulsões de dinamite e um equipamento de som automotivo.

Blog do Rodrigo Ferraz