Um diretor negro pela primeira vez em 100 anos na maior revista de moda do mundo, a Vogue!

Quem quebrou o preconceito secular – e mostrou que talento não tem raça, nem cor – foi Edward Enninful, nascido no Gana e criado em Londres.

Joanathan Newhouse, presidente da Condé Nast International, empresa que detém a Vogue, ressaltou  as qualidades do novo diretor.

Ele disse em comunicado da revista que Enninful é “uma figura influente nas comunidades da moda, Hollywood, na música, que molda o espírito cultural da época”.

História

Edward começou a sua carreira no mundo da moda aos 16 anos, em Londres.

Aos 19 já era diretor de moda de uma publicação internacional, a revista i-D. Foi o mais jovem na história da publicação.

No seu vasto currículo, ele recebeu em outubro do ano passado um OBE (Officer of the Most Excellent Order of the British Empire), um título dado pelo império britânico, neste caso devido à sua contribuição para a moda.

Edward Wnninful, de 45 anos, vai assumir o cargo dia 1 de agosto, no lugar de Alexandra Shulman, que dirigiu a revista durante 25 anos.

Com informações do DN

sonoticiaboa