A OMO lançou na semana passada um vídeo publicitário no qual incentiva a quebra de barreiras e preconceitos na educação das crianças, tendo como pano de fundo o dia delas, que será comemorado nesta quinta-feira (12/10). Na campanha, publicada no canal da empresa no Youtube, a empresa convoca “pais e mães a fazerem recall de todas as brincadeiras que reforcem clichês de gênero, com objetivo de ressaltar a importância da experiência e do desenvolvimento das crianças”.

E completa: “meninas podem sim se divertir com minicozinha, miniaspirador e mini-lavanderia, mas também podem ter acesso a fantasias de super-heróis, bloquinhos de construção, carrinhos velozes e dinossauros assustadores”.

Os garotos também foram lembrados no material: “e meninos também devem ter toda a liberdade para brincar de casinha, gostar de castelos, trocar fraldas de bonecas e ter uma incrível coleção de panelinhas”. Confira o vídeo completo:

O que a empresa certamente não esperava, é que a rejeição fosse gigantesca. Até o fechamento desta matéria, cerca de 40 mil pessoas já haviam reprovado o conteúdo, contra uma aprovação de pouco mais de 800 internautas. Confira algumas:

POLÊMICA DE GÊNERO Campanha sobre diversidade no Dia das Crianças causa reações furiosas na internet 1

POLÊMICA DE GÊNERO Campanha sobre diversidade no Dia das Crianças causa reações furiosas na internet 2

POLÊMICA DE GÊNERO Campanha sobre diversidade no Dia das Crianças causa reações furiosas na internet 3

A empresa ainda não se posicionou oficialmente sobre a campanha após a repercussão.

Aratu