Um caso ocorrido no município de Barra do Corda, no Maranhão, está causando bastante revolta. Um homem identificado como Francisco Edinei Lima Silva, de 40 anos,  morreu após permanecer 18 horas em uma jaula dentro da Delegacia de Polícia Civil da cidade. A vítima, que trabalhava como comerciante, havia sido preso por dirigir embriagado.

De acordo com familiares, Francisco Lima Silva foi colocado em uma jaula que fica nos fundos da delegacia em um local sem cobertura, sem estrutura necessária. Para os parentes da vítima, houve negligência por parte dos profissionais que estavam de plantão.

MeioNorte.com